Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
 

Conheça todos os detalhes de como visitar o Mosteiro da Batalha, um patrimônio português e mundial que tem uma grande importância na história de Portugal.

O MOSTEIRO DA BATALHA

O Mosteiro da Batalha é um mosteiro dominicano construído a pedido do rei D. João I, a partir de 1387, como agradecimento à Virgem Maria pela vitória na Batalha de Aljubarrota. O mosteiro pertencia à Ordem de São Domingos e foi construído ao longo de dois séculos, durante o reinado de 7 reis e foi inaugurado em 1517, embora a construção tenha sido finalizada oficialmente em 1563 (mas, nunca concluída por completo).

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Fachada do Mosteiro da Batalha

Após a extinção das ordens religiosas em Portugal, orquestrada pelo Marquês de Pombal, em 1834, o mosteiro foi restaurado durante o século XIX, passando por transformações profundas, incluindo a destruição de dois claustros. Foi nessa época que o Mosteiro de Santa Maria da Vitória passou a ser chamado de Mosteiro da Batalha, em uma tentativa de retirar as designações que lembrassem o seu passado religioso.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Lateral do Mosteiro da Batalha

Desde 1983, o edifício, em estilo manuelino, está listado como Patrimônio Mundial da UNESCO, e, em 2007, também foi eleito uma das Sete Maravilhas de Portugal, além de ser um Panteão Nacional, pois ali estão sepultados diversos nomes importantes da história portuguesa. No Mosteiro da Batalha estão sepultados D. João I, Mestre de Avis (filho ilegítimo do rei D. Pedro I com Teresa Lourenço), D. Filipa de Lencastre (esposa de D. João I), o infante D. Henrique, o infante D. João, D. Isabel, D. Duarte  (filhos de D. João I e D. Filipa), D. Fernando (pai de D. João I) , D. Afonso V (filho do rei Duarte I) e D. João II (filho de Afonso V).

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
A belíssima Capela do Fundador, onde ficam os túmulos de antigos membros da família real portuguesa

UM POUCO DE HISTÓRIA: A BATALHA DE ALJUBARROTA

O Mosteiro da Batalha possui esse nome em devido à vitória na Batalha de Aljubarrota, ocorrida em 14 de agosto de 1385, quando tropas portuguesas, juntamente com aliados ingleses, liderados por D. João I de Portugal, derrotaram o exército castelhano e aliados, comandados por João I de Castela. Mesmo com um número muito inferior de soldados (6,5 mil versus 31 mil), os portugueses venceram esta batalha que consolidou D. João I como rei de Portugal. A Batalha ocorreu no Campo de São Jorge, nos arredores da vila de Aljubarrota e foi uma das maiores batalhas da Idade Média. A batalha foi inovadora em questão de tática militar e resolveu a disputa que havia entre o Reino de Portugal e o Reino de Leão e Castela, abrindo espaço para a Dinastia de Avis dar início a Era dos Descobrimentos. Além disso, no campo diplomático, permitiu a aliança entre Portugal e Inglaterra, através da Aliança Luso-Britânica, a mais longa aliança militar entre dois países que dura até os dias de hoje.

TOURS E EXCURSÕES PARA O MOSTEIRO DA BATALHA

Para quem deseja toda a praticidade de uma excursão ou tour guiado, há diversos deles! Os mais famosos são os que saem de Lisboa e incluem uma visita ao Mosteiro da Batalha, incluindo outros lugares como o Santuário de Fátima, Nazaré e a charmosa cidade medieval de Óbidos. Os tours são muito práticos para quem não quer alugar carro ou depender de transporte público, tem pouco tempo, e/ou gosta de ter um guia especializado explicando tudo sobre os locais visitados. Confira algumas das opções abaixo.

O QUE VISITAR NO MOSTEIRO DA BATALHA

Abaixo está um mapa com as principais áreas para visitar no Mosteiro da Batalha, incluindo a igreja, as principais áreas do mosteiro e também para as Capelas Imperfeitas, acessadas separadamente. Em seguida, confira informações sobre cada uma das áreas que podem ser visitadas.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Mapa do Mosteiro da Batalha | Figura: editado por Viajonários a partir do imagem do site oficial
Legenda do Mapa do Mosteiro da Batalha:
  1. ENTRADA E NAVE DA IGREJA
  2. CAPELA DO FUNDADOR
  3. CLAUSTRO REAL
  4. SALA DO CAPÍTULO
  5. ADEGA DOS FRADES
  6. FONTE
  7. MUSEU DAS OFERENDAS AO SOLDADO DESCONHECIDO (Antigo Refeitório)
  8. LOJA (Antiga Cozinha)
  9. CLAUSTRO D. AFONSO V
  10. CAPELAS IMPERFEITAS

1. ENTRADA E NAVE DA IGREJA DE SANTA MARIA DA VITÓRIA

A entrada principal da igreja é feita por um pórtico decorado por baladaquinos (um tipo de dossel), e imagens de 6 Apóstolos de cada lado. Acima dos Apóstolos, ficam imagens de virgens, mártires, confessoras, papas, bispos, diáconos, monges e mártires. São tantos detalhes, estátuas e reentrâncias que valem a pena serem observados antes de entrar na bela nave da igreja.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
A bela porta decorada

Santa Maria da Vitória é o nome oficial da igreja do Mosteiro da Batalha. Ela possui mais de 80 metros de comprimento, 22 metros de largura e 32,5 metros de altura e sempre teve como objetivo expressar o poder do rei D. João I através de um edifício monumental.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Imponente nave da igreja
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
A grandeza da igreja e seus vitrais

A igreja é formada por três naves, sendo as duas laterais mais estreitas e com teto mais baixo do que a nave principal. As naves levam até a área do transepto, em que no centro do cruzeiro fica um moderno altar-mor. Além disso, é composta por cinco capelas poligonais, com uma capela central maior que as doutras quatro. A capela-mor tem dois andares e é iluminada pela luz solar através de seus vitrais, alguns do início do século XVI. As abóbodas são decoradas por nervuras com ogivas e cadeias.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
As luzes dos vitrais refletem no chão da igreja

DICA! Para a visita a nave da igreja não é necessário ter um ticket comprado na bilheteria que fica à esquerda assim que se entra na nave. No entanto, para acessar as demais áreas como a Capela do Fundador, o Mosteiro propriamente dito e as Capelas Imperfeitas é preciso exibir o ticket para um funcionário validar.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Capela-Mor

2. CAPELA DO FUNDADOR

Localizada à direita da entrada da nave fica a belíssima Capela do Fundador, um dos pontos altos da visita. A capela foi finalizada em 1434 e é repleta de componentes arquitetônicos e artísticos. Ela não estava prevista no plano inicial do mosteiro, mas foi construída por decisão de D. João I de fazer um panteão familiar.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
A belíssima Capela do Fundador
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Teto central da capela

A Capela do Fundador tem planta quadrangular e, ao centro, há um octógono coberto com uma lindíssima abóboda estrelada que serve como um dossel acima dos elegantes túmulos do rei D. João I e da rainha D. Filipa de Lencastre.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Túmulos do rei D. João I e da rainha D. Filipa de Lencastre
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Detalhes dos Túmulos do rei D. João I e da rainha D. Filipa de Lencastre

Na parede de fundo, no lado sul, estão os túmulos dos filhos dos reis que datam do século XV. Da direita para a esquerda: túmulo do Infante e Regente D. Pedro e sua mulher Isabel de Urgel, duquesa de Coimbra; de D. Henrique, o Navegador e Mestre da Ordem de Cristo; do Infante D. João, mestre da Ordem de Santiago e sua esposa D. Isabel; e de D. Fernando, mestre da Ordem de Avis. No início do século XX, o Rei D. Carlos I, encomendou três arcas funerárias que se encontram no lado oeste da Capela. Neste local estão sepultados, da esquerda para a direita: o rei D. Afonso V, neto de D. João I; o rei D. João II, filho de D. Afonso V; e o príncipe herdeiro D. Afonso, filho de D. João II.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Os outros túmulos ficam nas laterais da Capela do Fundador

3. CLAUSTRO REAL

Uma porta do lado esquerdo da igreja (é preciso mostrar o ticket para acessar), dá acesso ao belíssimo Claustro Real do Mosteiro da Batalha. Construído entre 1448 e 1477, o Claustro Real fazia parte do projeto inicial, juntamente com a igreja, a sacristia, a casa capitular, dormitório, refeitório e cozinha.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Claustro Real
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Área central do Claustro

Também chamado de Claustro de D. João I, tem planta quadrada com 50 metros de lado e arcadas ogivais. Sua decoração rendilhada esculpida em estilo gótico (incluindo quatrefólios, flores-de-lis e rosetas) forma uma combinação incrível com o estilo manuelino nas telas de arcada com colunas retorcidas. Se você já teve a oportunidade de visitar o Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, vai achar bem parecido.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Belíssimo trabalho decorativo

4. CASA DO CAPÍTULO

A porta que dá acesso a esta sala é coberta por um grande arco ogival e possui janelas geminadas com espelhos vazados. A Casa do Capítulo é uma área quadrangular com paredes 19 metros de comprimento coberta por uma abóboda estrelada de oito pontas. Este costumava ser um local importante no cotidiano dos frades dominicanos, que se reuniam para refletir e para discutir assuntos relevantes do dia. Do lado leste, há uma bonita janela de três lumes e alta bandeira com vitrais que datam de 1514 e representam três momentos da crucificação de Cristo. Em 1921, foram trazidos para este espaço os restos mortais de dois soldados desconhecidos da Primeira Guerra Mundial. A abóboda da Casa do Capítulo fica iluminada pela “Chama da Pátria” e tudo é guardado por militares portugueses que ficam ao lado do túmulo que homenageia os milhares de portugueses que sucumbiram durante a guerra.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Casa do Capítulo

5. ADEGA DOS FRADES

A Adega dos Frades é uma área de características góticas que, no passado, era usada como antigo dormitório dos frades. Posteriormente, o local passou a funcionar como uma adega e, por isso, tem esse nome. No entanto, atualmente, o local é utilizado como um Centro de Interpretação do Mosteiro (fechado temporariamente).

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Exposição na Adega dos Frades | Foto: hicarquitectura.com

6. FONTE

O convento foi construído em um vale com densa vegetação e na confluência de vários cursos de água, facilitando a instalação de um sistema hidráulico, que ajudavam a abastecer os banheiros dos frades, cozinha e outros ambientes. No centro do claustro real, há um poço com grande capacidade de retenção de água que ajudou na construção, no século XV, de um importante sistema de água e esgoto, que até hoje se mantém parcialmente intacto e ativo.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
O Claustro Real abriga uma linda fonte, também chamada de lavabo

Aproveite para admirar a bonita fonte ornamental do lado noroeste claustro que também era chamada de lavabo e era utilizada para tonsura (cerimônia religiosa é feito um corte específico de cabelo nos clérigos, reduzindo o cabelo a um pequeno círculo ao redor da cabeça), além de lavagem das mãos e rosto. Ela é constituída por um chafariz e duas bacias mais pequenas acima, iluminadas pela luz que penetra através do intrincado rendilhado dos arcos à sua volta.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Fonte ornamentada no claustro

7. MUSEU DAS OFERENDAS AO SOLDADO DESCONHECIDO (Antigo Refeitório)

O antigo refeitório do mosteiro abriga um museu que homenageia o Soldado Desconhecido na Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Este museu pertence à Liga dos Combatentes e exibe objetos interessantes oferecidos ao Soldado Desconhecido, assim como troféus da Primeira Guerra Mundial e prêmios militares. Vale lembrar que Portugal entrou no conflito em defesa de seus territórios na África que estavam sendo ameaçados pela Alemanha, anexando parte das colônias portuguesas de Angola e Moçambique.

8. LOJA (Antiga Cozinha)

Dentro do Mosteiro da Batalha fica uma lojinha de presentes que fica localizada na antiga cozinha. A loja oferece réplicas de imagens religiosas, livros, guias, cartões postais, louças, joias, publicações variadas e muitos artigos para presentear. Confira alguns dos produtos disponibilizados na loja acessando este link.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Loja do Mosteiro da Batalha

9. CLAUSTRO D. AFONSO V

O Claustro de D. Afonso V é simples e tem dois andares. Quase caminhando para a saída, você verá uma escada para subir para o piso superior e chegar a área superior. Durante a primeira ampliação do convento, no final do século XV, foi erguido um dos primeiros claustros de dois andares de Portugal.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Andar inferior do Claustro de D. Afonso V

Ele foi construído obedecendo critérios de simplicidade estrutural e austeridade decorativa. Ele foi erguido durante a primeira ampliação do convento com o objetivo de acolher a necessidade de armazenamento e de latrinas, no piso térreo, e de celas, biblioteca e outros cômodos, no piso superior.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Escadas para o piso superior
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Piso superior do Claustro de D. Afonso V

10. CAPELAS IMPERFEITAS

Saindo da igreja, chega-se às Capelas Imperfeitas, cujo nome oficial é Panteão de D. Duarte. Foram construídas em formado octogonal e com 7 capelas laterais. O nome “imperfeitas” é uma referência ao fato de elas estarem inacabadas, uma vez o teto central nunca foi terminado.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Capelas Imperfeitas vistas de fora
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Capelas Imperfeitas

A construção dessa estrutura foi iniciada por volta de 1434 a pedido do rei D. Duarte. No entanto, tudo mudou a partir de 1437 quando o rei e, em seguida, o mestre arquiteto Huguet faleceram, inviabilizando a conclusão da capela.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
É possível ver o céu a partir do centro

Durante o reinado de D. Manuel, as 7 capelas foram concluídas e são decoradas por abóbadas esculpidas com escudos de armas e emblemas. Foi somente por volta de 1940 que o túmulo duplo da capela capela axial do Rei D. Duarte e da Rainha D. Leonor.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Túmulo duplo do Rei D. Duarte e da Rainha D. Leonor dando as mãos

NOSSA EXPERIÊNCIA NO MOSTEIRO DA BATALHA

Chegamos em Batalha em uma manhã ensolarada depois de um dia na linda cidade de Braga. Estacionamos o carro e seguimos para o Mosteiro da Batalha, passando pelo Largo do Mosteiro da Batalha onde fica a Estátua Equestre do Condestável D. Nuno Álvares Pereira, que fica na lateral.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Estátua Equestre do Condestável D. Nuno Álvares Pereira

Já tínhamos entrado em contato com o diretor do Mosteiro da Batalha, Joaquim Ruivo, que nos garantiu entrada gratuita para a visita. Fomos diretamente na bilheteria e lá estavam os nossos nomes e entrada liberada para visitar o complexo.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
A beleza arquitetônica e decorativa da igreja

O ticket precisa ser mostrado em 3 ocasiões: para entrar na Capela do Fundador, para acessar o Claustro Real e para conhecer as Capelas Imperfeitas. Por isso, fique com seu ticket durante todo o passeio. Seguindo as recomendações de visitação, passamos pela nave da igreja e fomos para a Capela do Fundador, onde ficamos deslumbrados com a arquitetura, vitrais coloridos e os túmulos ornamentados de personalidades portuguesas.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Enorme vitral colorido
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Túmulos do rei D. João I e da rainha D. Filipa de Lencastre na Capela do Fundador
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Teto da Capela do Fundador

Seguimos percorrendo a nave da igreja, visitando as capelas e admirando a amplitude da linda igreja, passando pelo alta-mor, até acessar a porta que leva ao belíssimo Claustro Real.

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Admirando o Claustro Real

Circulando o claustro, passa-se pela Casa do Capítulo, Adega dos Frades (estava fechada para manutenção), Fonte, Museu das Oferendas ao Soldado Desconhecido e Loja. Saindo do mosteiro, pertinho da entrada dos banheiros, fica uma escada que leva para o Claustro de D. Afonso V, muito simples e sóbrio. Descendo as escadas novamente, é hora de sair do mosteiro e ir até a área das Capelas Imperfeitas que são perfeitamente imperfeitas. O que era para ser algo inacabado, acabou sendo um charme diferenciando o Mosteiro da Batalha de outros mosteiros. A visita foi incrível, repleta de história, beleza e arte!

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Entrada para as Capelas Imperfeitas

Agradecemos à Direção-Geral do Patrimônio Cultural do Mosteiro de Santa Maria da Vitória – Batalha pelos ingressos para visitar a atração. Todas as opiniões deste post foram feitas conforme as nossas experiências durante a visita.

CONHEÇA TAMBÉM: CENTRO DE INTERPRETAÇÃO DA BATALHA DE ALJUBARROTA

Aberto em 2008, o Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota é um museu que tem como objetivo fazer estudo de campo, preservar e exibir informações sobre a Batalha de Aljubarrota em 1385, bem como divulgar dados históricos sobre o século XIV. O Centro se localiza em São Jorge, no local onde a batalha ocorreu, a pouco mais de 3,5 km a sul do Mosteiro da Batalha e possui quase 2 mil m² de área. O museu possui uma área de exposição dedicada à Batalha de Aljubarrota, um auditório que exibe um filme que reconstitui a batalha, além de programas educativos e uma área de exposições temporárias.

  • Endereço: Av. Dom, Av. Nuno Álvares Pereira 120, 2480-062 Porto de Mós, Portugal
  • Horários: de terça a domingo de 13h às 17h | fechado às segundas-feiras
  • Entrada: 7 € | compre ingressos neste link
Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal
Exposição no Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota | Foto: divulgação

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Mosteiro da Batalha
  • Endereço: Largo Infante Dom Henrique, 2440-109 Batalha, Portugal
  • Horários: diariamente
    • de meados de outubro a outubro de 9h às 18h (última entrada às 17h30)
    • de abril a meados de outubro de 9h às 18h30 (última entrada às 18h)
  • Entrada: 
    • Bilhete Individual: 6€ | gratuito para menores de 12 anos
    • Bilhete Patrimônio Mundial (Alcobaça, Batalha, Convento de Cristo): 15 € – válido por 7 dias

Guarde estas dicas no Pinterest!

Mosteiro da Batalha: Patrimônio Mundial em Portugal - Viajonários | https://viajonarios.com/mosteiro-da-batalha/ | #viajonarios #batalha #portugal #mosteirodabatalha #batalhamonastery


Leia mais sobre Portugal:

PORTO

LISBOA

VAI VIAJAR? PROGRAME AQUI SUA VIAGEM!
 RESERVA DE HOTELUtilize o Booking.com para reservar sua hospedagem!
  ALUGUEL DE CARRO: Faça uma cotação na RentCars  e confira o preço nas principais locadoras do mundo!
 INGRESSOS, TOURS & EXCURSÕESCompre online ingressos para as principais atrações no mundo com Get Your Guide!
  TICKETS EVENTOS ESPORTIVOSCompre online ingressos para os principais eventos esportivos nos EUA com HelloTickets!
 PASSAGENS DE AVIÃO: Compre passagens de avião e pacotes de viagem na Passagens Promo!
  SEGURO VIAGEMCote com a Seguros Promo para diversos planos e destinos. Use o código "VIAJONARIOS5" para garantir 5% de desconto!
 TREM NA EUROPACompre seus bilhetes de trem com os melhores preços na Trainline!
  CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR com a EasySim4U e saia com o chip funcionando antes de viajar!
  COMPRA DE MOEDA ESTRANGEIRA com as melhores taxas de câmbio com a Exchange Now!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui